segunda-feira, 6 de dezembro de 2010

Aprender a aprender

Foto J. Passos

Há tanto nos conhecemos,
Quanta coisa te ensinei!


Te ensinei a ver o lado oculto da lua,
Ensinei a sentir o gosto do vento
Ensinei a brincar com a areia,
a olhar pra frente e
seguir adiante o momento
Movimento.


Te ensinei a ser corpuscular
Na relatividade à luz dos fatos
Ensinei a ser dodecaedro,
Quintessência que permeia o universo.


Mas como bom observador
Mediu em ondas de probabilidades,
Assumindo o estado previsto.


E foi assim, na evidente contradição
Que aprendi sob a luz de teus olhos a ver
O princípio do fogo.


Aprendi que a atração entre os corpos é propriedade
Do espaço/tempo:
Quando um escorrega em direção
Ao outro por causa das curvaturas!

É filho! Não é fácil estudar física!



Analva Passos
Postar um comentário