segunda-feira, 23 de maio de 2011

ALEXANDRIA


Em uma redoma vivemos – em cima o vidro! -
Que pensamos ser o céu... grande ilusão!
Embaixo está o gado – o andar contido -
A viver temendo a Deus, e a olhar o chão.

Se um se aparta da manada... está perdido!
Deve ser logo execrado – e sem perdão! -
Antes que crie algum invento sem sentido
E acenda a luz que ponha fim à escuridão.

Não à ciência! Deve haver somente um livro!
Que - por antigo - se atribua à divindade,
Embora escrito não se sabe bem por quem...

Não à mulher! …e ao seu pecado primitivo!
Tolas hereges que apregoam a igualdade...
Que Deus nos livre desse mal! Orai! Amém!!!

                  Martim César
Postar um comentário